10/24/2007

IV Motofest Guaxupé - balanço dos shows

Cá estou novamente companheiros!

O IV Encontro Nacional de Motociclistas de Guaxupé chegou ao fim e tentarei fazer um balanço geral sobre os shows e também do show de minha banda.

Na sexta (19/10) tocaram Krakovania e SK Sequencial. Cada uma com uma proposta diferenciada. A primeira aposta da irreverência e em atitudes que vão do punk ao "Mamonas Assassinas Style". Já a SK Sequencial procura enveredar-se no meio emo-pop-rock nacional, tocando os sucessos radiofônicos do estilo. Mandou também alguns metais, o que trouxe uma certa dose de disparidade no seu repertório.

Sábado (20/10), o dia com mais bandas, começou com a estréia da banda a qual eu faço parte, a Whisky Bar. Chegamos, passamos o som, e mandamos ver para um público pequeno mas bastante animado e atento, o que nos alegrou demais. Tirando alguns erros, atravancadas e a qualidade duvidosa de alguns equipamentos no palco tudo foi tranquilo. Após o nosso show, subiu ao palco a estreante também Dharmakaya, com um repertório voltado ao heavy e trash metal tradicional, mandando covers de Megadeth, Black Sabbath e os clássicos do gênero. Como nós sofreram com as qualidades dos equipamentos disponíveis.

Só fazendo uma observação: quando me refiro à qualidade dos equipamentos, me refiro às extensões elétricas que falhavam e desligam os amplis, a falta de um tapete de bateria, pedestaris de microfone que do nada despencavam e por aí vai. Você pode me falar que são "apenas detalhes", eu respondo "o diabo está nos detalhes". Agora voltando...

Exatamente após o show da Dharmakaya entrou a veterana Escape. Banda super competente em seu estilo (heavy metal) mandou clássicos e verdadeiras porradas na orelha. Inclusive o público foi agraciado com algumas músicas próprias, o que é sempre bom e que talvez (e tomara) isso se torne mais comum.

O trio de metal melódico Seven Keys entrou para fazer um esquenta antes do show principal da noite. E como esquentou! Com mais experiência e contando com um técnico de som próprio na house mix, finalmente deram um jeito no som. Mandaram um som de respeito, em um repertório que já é totalmente conhecido do público que acompanha os shows de rock na região.

Depois de um longo intervalos subiu ao palco a Rising Power - AC/DC Cover. Aí sim! Aí eu me senti em um show de rock and roll! Som alto, músicas agitadas, animadas, cantantes e um detalhe importante: front-man... é... banda de rock que se preze tem que ter uma boa pessoa que vai lá frente do palco e levanta a galera. Tocaram muitos, muitos e muitos clássicos do AC/DC com uma competência digna. Lógico que a grande expectativa seria em torno do vocalista e do solista. Mas eles não afinaram e mandaram super bem.

Para fechar a noite tivemos o show da underground UdJC, mas infelizmente o show parou de repente e ficou por isso mesmo.

Domingão o evento abriu suas portas cedo, cedo até demais, pois a Erick Caran Blues Band tocou para quase ninguém, uma pena, pois é uma das melhores, senão a melhor banda no estilo da região. Logo após veio o SK Sequencial repetindo o show de sexta e ficou por isso mesmo, fim de festa.

O evento é válido para esta cultura roqueira aqui na região mas ainda tivemos um pequeno problema. É um evento voltado para os motoclubes e não um festival de bandas e o som é fundamental para o bom andamento do mesmo. Mas se a qualidade dos equipamentos for ruim e as bandas não combinarem com o que é esperado a coisa não vingará,nunca. Como crítica construtiva só acho que a banda do Erick deveria tocar no sábado a noite e as bandas de heavy metal remanejadas para outros horários mais alternativos. Nada contra o estilo, quem me conhece sabe que gosto. Mas é o público, e é ele quem manda em organizações deste tipo.

Bom foi isso, são só minhas despretensiosas opiniões embasadas no que vi e na minha felicidade por ter um evento deste tipo aqui na cidade de Guaxupé.

Agradeço ao motoclube Esqueletos do Asfalto por terem aberto o espaço para as bandas mostrarem seus trabalhos e particularmente por terem confiado em nós da Whisky Bar.

Abraços galera e até mais!

10/19/2007

IV MotoFest Guaxupé

Esta semana teremos aqui em Guaxupé o IV Motofest - Encontro Nacional de Motociclistas. Teremos várias atrações dentre as quais diversos shows com bandas de rock dos mais variados estilos. A banda de hard / classic rock Whisky Bar fará sua estréia no sábado às 17:15 mandando grandes clássicos do rock setentista e oitentista. O evento será no Parque de Exposições da cidade de Guaxupé e a entrada é 1 Kg de qualquer alimento não perecível. Esperamos todos lá para curtir um bom som em um ambiente super legal. Obs.: as outras bandas que tocarão no evento são UdJC, Seven Keys, Escape, Dharmakaya, Krakovania, SK Sequencial e Rising Power (AC/DC).

Whisky Bar

Olá pessoal! Como já devem ter percebido voltei a ativa no blog... e hoje estou aqui para lhe apresentarem a nova banda a qual eu faço parte:
Whisky Bar
  • Biano - vocais
  • Caio Mancini - baixo e vocais
  • Fábio Cardoso - guitarra e violão
  • Leo Ferreira - bateria
Procuramos mandar os grandes clássicos do hard e do rock clássico dos anos 70 e 80 como Van Halen, Rolling Stones, Led Zeppelin, Deep Purple, Uriah Heep entre outros.

Nosso primeiro show será neste sábado no IV Encontro Nacional de Motociclistas em Guaxupé no Parque de Exposições, neste sábado (20/07/2007) às 17:15. Espero ter algumas fotos legais para mostrar aqui e que o show seja um sucesso. Quem puder comparecer basta levar 1Kg de alimento não perecível.
É isso aí, let's rock!

10/18/2007

Meu baixo Snake '69

Este contra-baixo abaixo eu consegui em uma troca com um super amigo baixista daqui de Guaxupé, o Carlin. Dei uma Golden Les Paul preta... É um Snake Snow Ball, creio que o ano seja de 1969. Está muito bem conservado e tem um som ótimo, a não ser pelo braço e tarraxas que deixam a desejar e que não conseguem manter a afinação por muito tempo. Meu plano é mandar fazer um novo braço todo estiloso. Pode não parecer, mas tem um som poderosíssimo, lógico que é mais indicado ao uso com o pizzicato do que com outras técnicas e é extremamente confortável tocá-lo com palheta. Se conseguir deixá-lo de jeito posto as novas fotos. Se alguém souber de mais alguma informação a respeito dessa antiga fábrica nacional mandem ae nos comentários.

Venda de camisetas personalizadas da cidade de Guaxupé

Olá galera!
Meu amigo Harley está vendendo algumas camisetas que ele mesmo tem pintado. Quem o conhece e já o viu usando umas camisetas bem doidas ou mesmo quem ia aos shows da Malkavianos pôde conferir os desenhos do cara. Os desenhos são muito legais. Feitos a mão, quase sempre as temáticas são sobre Guaxupé, fadas, duendes, gnomos e afins. Algumas fotos estão em anexo para verem uma amostra do trabalho dele, que é todo manual! Quem interessar basta procurar ele em Guaxupé ou enviar um e-mail para harleyesteves@gmail.com. Seguem as fotos (desculpem a baixa resolução).